Governo de SP entrega equipamentos agrícolas a produtores de 20 municípios

 

Veja os melhores momentos neste vídeo: 

 

Veja a reportagem completa no segundo vídeo:

 

Ação faz parte do programa “Cidadania no Campo 2030”, criado para promover o desenvolvimento sustentável nas áreas rurais

O governador João Doria e o secretário de Agricultura e Abastecimento, Gustavo Junqueira, entregaram nesta quinta-feira (12) 20 kits com equipamentos agrícolas para produtores de municípios paulistas.  Os kits incluem um trator, uma semeadeira, um pulverizador e um distribuidor de calcário. Os equipamentos, utilizados para auxiliar os agricultores que trabalham nas culturas de grãos, como milho e soja, foram entregues às prefeituras e poderão ser usados por todos os agricultores da cidade.

O secretário Gustavo Junqueira destacou que o evento é uma forma de transmitir o conhecimento gerado pela pesquisa e colocar à disposição toda a tecnologia desenvolvida por empresas parceiras e disponibilizada aos cidadãos. “Reunimos aqui todos os que transformam a terra, transformam o Brasil. E São Paulo tem a representatividade no agro brasileiro em alimentos, bioenergia e celulose, é exemplo de produção com eficiência e proteção com eficácia”, afirmou, observando que os próximos anos serão fundamentais para o agro.“Da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, saíram muitas inovações em pesquisa da chamada ‘agricultura tropical’. E os próximos anos exigirão muito mais. Precisamos pensar na comida do futuro, atenta às questões ambientais, sociais, econômicas e nutricionais”, disse o secretário.

Na ocasião, o governador também assinou o decreto 64.467, que reformula o Sistema Estadual Integrado de Agricultura e Abastecimento (SEEIA), que passa a se chamar Sistema Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável - Cidadania no Campo. Esse Sistema tem o objetivo de promover o desenvolvimento agropecuário e agroindustrial no Estado, em conformidade com as diretrizes da política pública “Cidadania no Campo 2030”. Espe programa irá incentivar a implementação de ações estratégicas para fortalecer a gestão rural local, melhorando a produtividade e a sustentabilidade do agronegócio paulista, integrando órgãos e entidades da Administração Pública do Estado, dos Municípios e da sociedade civil organizada.

"O agronegócio é prioridade no Governo de São Paulo. Temos viajando pro exterior e trazido investimentos e tecnologia para o campo. Também vamos ampliar os recursos em pesquisa e apoiar o produtor com os programas da Desenvolve SP, para subsidiar investimentos em novas tecnologias e melhorar o resultado do agronegócio paulista", afirmou Doria.

A entrega dos equipamentos agrícolas beneficiará os municípios de Américo de Campos, Areiópolis, Cajobi, Conchas, Espírito Santo do Pinhal, Guaimbê, Guará, Itaí, Itapetininga, Jambeiro, Juquitiba, Mendonça, Mogi Mirim, Paranapanema, Paulicéia, Promissão, São José dos Campos, São Miguel Arcanjo, Taubaté e Teodoro Sampaio.

Cerca de 800 produtores rurais estiveram presentes no evento, na sede da Fazenda Santa Elisa. No local foram montadas seis estações temáticas, onde os agricultores receberam orientações técnicas e práticas sobre pesquisa, extensão rural e defesa agropecuária de profissionais da Secretaria de Agricultura e Abastecimento e de empresas privadas.

Na primeira estação, coordenada pela New Holland, foi realizada uma dinâmica com instruções sobre a operação e calibração dos equipamentos contidos no kit entregue aos municípios. Na segunda, os produtores conheceram novas tecnologias para a consolidação do Ciclo Agrícola, apresentadas pela iSilos; na estação seguinte, com a empresa UPL, os produtores aprenderam mais sobre segurança na utilização dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) utilizados na lavoura,  e, na quarta, a Trimble, empresa do setor de tecnologia que desenvolve receptores do sistema global de navegação por Satélite e ferramentas de processamento de software, abordou a agricultura de precisão.

A Syngenta, na quinta estação, demonstrou a agricultura do futuro com o programa “Aplique Bem”, do Governo do Estado, que orienta sobre a correta aplicação de defensivos agrícolas. Na sexta estação, voltada ao trabalho de economia circular e destinação das embalagens de defensivos agrícolas, o Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV) apresentou o Sistema Campo Limpo, do qual a Secretaria é parceira.

 

Prefeitos e produtores rurais: “Equipamentos agrícolas impulsionarão o desenvolvimento sustentável”

A entrega dos kits de equipamentos agrícolas (semeadora, distribuidor de calcário, pulverizador e trator cabinado – com ar-condicionado) foi o ponto alto do Dia de Campo “Caminhos do Agro SP”, realizado em Campinas no dia 12 (leia mais aqui). Produtores rurais, prefeitos e outras autoridades municipais mostraram no rosto e nos sorrisos abertos que valeu a pena empreender viagens longas de todas as regiões do Estado, em um dia claro, de sol alto, para receber as máquinas e os implementos agrícolas que, em alguns municípios, poderão mudar a realidade do agro local, com impacto na renda e na produtividade das pequenas e médias propriedades, bem como na sustentabilidade da produção em harmonia com o meio ambiente.

 “Este é um sonho que está sendo se realizando após quase 10 anos de empenho de muitos que passaram pela diretoria de nossa associação, que é formada majoritariamente por pequenos produtores que trabalham de forma diversificada, com o cultivo de seringueira, laranja, grãos, hortaliças, bem como pecuária de leite. Jamais teríamos condições de adquirir estes equipamentos sozinhos. Agradecemos ao governador João Doria, ao secretário Gustavo Junqueira e ao nosso prefeito, por esta conquista, da qual vamos cuidar muito bem, haja vista que a prefeitura deixará a Patrulha Agrícola sob gestão da associação. Os equipamentos, além de utilizados para aumentar a produtividade e a qualidade dos nossos cultivos, terão um grande impacto nas ações de conservação do solo e uso adequado de defensivos agrícolas”, falou emocionada Márcia Andrea Stellari Negri, presidente da Associação dos Produtores Rurais da Microbacia da Cabeceira das Águas Paradas, que fica em Américo de Campos, município de quase seis mil habitantes, localizado na região de Votuporanga.

Para o operador de máquinas da Prefeitura de Mogi Mirim, José Antônio Siran, que é um dos que atuarão na condução dos equipamentos, o kit de equipamentos agrícolas é um sonho: “Hoje, temos um trator que não tem cabine, ficamos expostos ao sol, insetos e muita poeira. Por isso, este trator cabinado, com ar-condicionado, é um sonho. Até melhor que o carro da gente”, disse com o sorriso de quem, além de ter uma oportunidade de operar uma máquina com grande tecnologia, que impactará no desenvolvimento rural de seu município, também será contemplado como produtor rural. “Estou há pouco tempo de me aposentar e comprei um pequeno sítio, onde quero cultivar a terra, como a minha família. Então esses equipamentos também serão de grande valia para mim, como pequeno produtor”.

 Gustavo Sebastião da Costa, prefeito de Cajobi, município de pouco mais de 10 mil habitantes, localizado na região de Barretos, afirmou: “Seria impossível adquirir estes equipamentos sem os recursos deste convênio com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento, por isso agradecemos ao governo do Estado e a às autoridades que possibilitaram o recebimento deste kit de Patrulha Agrícola”.

Apesar de ter uma economia diversificada, com muitas indústrias, São José de Campos, município de mais de 700 mil habitantes, tem uma importante área agrícola, com centenas de pequenas e médias propriedades e produtores assentados. Sendo assim, o secretário de Inovação e Desenvolvimento Econômico, Alberto Marques Filho, enaltece o apoio do governo do Estado, por meio de convênio com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento, que possibilitou a entrega do kit de quipamentos agrícolas para o município. “Somos um município altamente tecnológico, com investimentos de muitas empresas, ao mesmo tempo temos 65% da área da cidade com cobertura verde e uma importante área rural com a produção de grãos, arroz e, também, pecuária de leite e corte. Por isso, o kit há muito era demandado pelos produtores. Sendo assim, esses equipamentos chegam em boa hora e terão grande impacto não apenas na produção agrícola, mas também na sustentabilidade ambiental, principalmente na conservação do solo”.

Na solenidade oficial, o governador João Doria fez uma entrega simbólica das chaves de um trator ao prefeito municipal Odirlei Reis, de Conchas, município localizado na região de Botucatu, representando as 20 prefeituras contempladas.

Municípios contemplados com kit Patrulha Agrícola

Foram entregues 20 kits, em um investimento de mais de R$ 2 milhões, para 20 municípios: Américo de Campos, Areiópolis, Cajobi, Conchas, Espírito Santo do Pinhal, Guaimbê, Guará, Itaí, Itapetininga, Jambeiro, Juquitiba, Mendonça, Mogi Mirim, Paranapanema, Paulicéia, Promissão, São José dos Campos, São Miguel Arcanjo, Taubaté e Teodoro Sampaio.

“Os kits fortalecerão a produção agrícola de pequenos e médios empreendedores rurais nos municípios contemplados, com redução de custos de produção, favorecendo ações de conservação do solo, plantio direto, entre outras, e fomentando a geração de emprego e renda”, salientou Juliana Cardoso, coordenadora da Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável (CDRS), cujas Casas da Agricultura acompanharão e contribuirão para a plena utilização dos equipamentos pelos produtores rurais dos municípios contemplados, enfatizando que esse é um exemplo de trabalho da extensão rural: “Os nossos extensionistas farão a capacitação dos produtores para que estes equipamentos sejam utilizados plenamente para o desenvolvimento rural sustentável no tripé econômico, social e ambiental”. 

O kit entregue às administrações de cada município, por meio de convênio firmado pelas prefeituras e a Secretaria de Agricultura e Abastecimento que fez a transferência de posse, é composto por quatro itens.

Cada kit é formado uma máquina e três implementos, que tiveram um custo de R$ 138.687,78 cada, sendo:

um trator agrícola da marca New Holland modelo TL 75 EC - potência de 75 cavalos, cabinado (com ar-condicionado);
um distribuidor de calcário e adubo da marca Marchesan;
uma semeadora hidráulica de cinco linhas, da marca Baldan;
um pulverizador agrícola com barras Attack (600 litros), da marca Incomagri.

 

Mais informações: (19) 3743-3870 ou 3743-3859

imprensa.cdrs@sp.gov.br