Começa a Semana de Fitoterapia

Foi dada a largada para mais uma edição da Semana de Fitoterapia de Campinas Professor Walter Radamés Accorsi, que completa 15 anos em 2017. Na abertura do evento, consolidado no calendário da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), estavam presentes representantes de autoridades municipais e apoiadores da Semana. O evento termina no próximo dia 20 de abril.

Com o tema “Plantas Medicinais: 15 anos de saberes à luz do sol”, o evento promove, em mais uma edição, atividades que servem para divulgar a importância e o valor das plantas medicinais e da fitoterapia, aliando os saberes populares com os científicos.

Antes de dar início à cerimônia de abertura, foi exibida uma reportagem especial sobre os 15 anos do evento, mostrando os avanços adquiridos por meio da Semana de Fitoterapia, bem como depoimentos de crianças, jovens e adultos sobre a importância e relevância do evento para toda a Região Metropolitana de Campinas (RMC).

Na cerimônia de abertura, Maria Cláudia Blanco, organizadora do evento, falou da alegria em celebrar 15 anos de Semana de Fitoterapia. “É uma emoção muito grande saber que ao longo do tempo muitas pessoas puderam aprender e levar conhecimentos para casa. Além disso, conseguimos impactar outros estados a também contar com a Semana de Fitoterapia em seu calendário, como no caso de Manaus. Isso é espetacular”, emocionou-se.

Ana Maria Girotti, professora de planejamento urbano e editora chefe da Revista Intellectus, da Faculdade de Jaguariúna (FAJ), lembrou da edição especial de 2016 sobre a Semana de Fitoterapia. “Acredito que o espaço criado em uma revista científica reforça os laços entre a academia, o governo local e a comunidade, desencadeando um processo de reflexão para a construção de novas metodologias que permitam refletir em relação à lógica da produção por meio da cultura e da natureza”, afirmou.


Representando o secretário de saúde de Campinas, Willian Hyppolito Ferreira disse que a constante participação de pessoas novas no evento mostra que a Semana de Fitoterapia conquista uma nova geração e tende a ganhar cada vez mais conhecimento e participação da sociedade. Já a delegada Teresinha, ex-vereadora e autora da lei que instituiu a Semana de Fitoterapia, afirmou que sente a sensação de dever cumprido ao saber que o evento tem sido sucesso ano a ano.

Walterly Accorsi, filha do falecido professor Walter Radamés Accorsi, falou sobre a emoção em ver o nome do pai como patrono do evento. “Apesar de não estar presente, tenho certeza de que meu pai deve estar muito feliz em saber que a Semana de Fitoterapia o homenageia todos os anos”, disse.

O coordenador da CATI, João Brunelli Júnior, ressaltou que a Semana de Fitoterapia é uma data marcante no calendário da CATI. “A organizadora da Semana de Fitoterapia sabe que pode contar comigo para o sucesso da Semana. Sempre estarei disposto a ajudá-la com o objetivo de levar informação e disseminação de conhecimento para a população”, frisou.

Após a cerimônia, o coral “Na Ponta da Língua” fez uma apresentação com alguns clássicos da música popular brasileira, além de cantar uma música composta especialmente para a Semana de Fitoterapia. O evento segue até o dia 20 de abril com a presença de expositores comercializando trabalhos artesanais, além de diversas atividades.

Mais informações: (19) 3743-3870 ou 3743-3859
jornalismo@cati.sp.gov.br