CATI Regional Pindamonhangaba dá continuidade ao curso de formação dos agentes de Ater

No dia 9 de novembro, a CATI Regional Pindamonhangaba, dando continuidade ao curso de formação de agentes de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), promoveu uma reunião na sede da Regional destinada aos técnicos que irão atuar nos municípios de Caçapava, São Bento do Sapucaí, São Luiz do Paraitinga, Ubatuba e Taubaté, todos da área de atuação da referida CATI Regional.

O diretor da CATI Regional, Haley de Carvalho, contou que os técnicos que estiveram em Campinas em uma primeira fase do curso ficaram muito satisfeitos com o que aprenderam. Disse ainda que é muito gratificante participar de um projeto tão importante, pois vai ao encontro do que os extensionistas esperam, pois acreditam que as ações de Ater são capazes de fazer muito para melhorar a vida de agricultores familiares.

A reunião durou todo o dia e os técnicos puderam tirar as dúvidas e discutir as fases de desenvolvimento do projeto e receber orientações mais detalhadas sobre como operar o Sistema de Gestão da Anater (SGA), o qual possibilita registrar todo o trabalho que vierem a desenvolver no campo, bem como validar a principal ferramenta de diagnóstico da CATI: o Protocolo de Boas Práticas Agropecuárias (BPA).

Foram, ainda, definidas técnicas que podem ser utilizadas para sensibilizar os agricultores e as estratégias a serem aplicadas no fortalecimento da comunicação e da rede de cooperação. “Falamos de diagnóstico, planejamento participativo e ampliação do acesso às políticas públicas pelos agricultores familiares das comunidades rurais, sempre focando o desenvolvimento rural sustentável”, destacou o engenheiro agrônomo Antônio Marchiori, da Casa da Agricultura de Ubatuba.

Mais informações: (19) 3743-3870 ou 3743-3859

jornalismo@cati.sp.gov.br